A Vivo anunciou seu novo sistema operacional baseado em Android em sua conferência anual de desenvolvedores na China. OriginOS é o sucessor do FuntouchOS e apresenta uma reformulação completa do design que prioriza os widgets, organizando-os em um layout de grade. Os widgets podem se atualizar com notificações chamadas de “alertas nano”.

“A gênese do OriginOS gira em torno de três fronteiras baseadas nas demandas dos consumidores de smartphones: design, suavidade e conveniência”, disse a Vivo em um comunicado. “O OriginOS reaproveita recursos familiares com novos designs interessantes para criar a melhor experiência de smartphone.”

De todas as versões com skin do Android, o FuntouchOS da Vivo há muito tempo é aquele que mais obviamente fica escravizado ao iOS, com design de notificação, paletas de cores e uso de transparência semelhantes. A abordagem baseada em blocos do OriginOS para widgets não está a um milhão de milhas de distância do que a Apple lançou este ano com o iOS 14, embora esse não fosse exatamente o design mais exclusivo em si. Por sua vez, a Vivo diz que foi inspirada em Huarong Dao, a variante chinesa dos quebra-cabeças de blocos deslizantes Klotski.

A Vivo também afirma que o OriginOS consumirá muito menos recursos do que o FuntouchOS, com requisitos de RAM mais baixos. Teremos que testar por nós mesmos assim que for lançado, mas há poucas informações a esse respeito – a Vivo não disse nada sobre uma data de lançamento. A empresa, no entanto, mostrou uma maquete do sistema operacional rodando em seu telefone carro-chefe X50 (acima).

Fonte: www.theverge.com

Deixe uma resposta