No espaço, ninguém pode ouvi-lo gritar, mas com o equipamento certo, é possível detectar um rugido. Isso é o que os cientistas descoberto em 2006 quando começaram a procurar sinais distantes no universo usando um instrumento complexo fixo a um enorme balão enviado ao espaço. O instrumento foi capaz de captar ondas de rádio do calor de estrelas distantes, mas o que aconteceu naquele ano foi nada menos que surpreendente.

Quando o instrumento escutou a uma altura de cerca de 37 quilômetros, captou um sinal seis vezes mais alto do que o esperado pelos cosmólogos. Como era alto demais para ser estrelas precoces e muito maior do que a emissão de rádio combinada prevista de galáxias distantes, o sinal poderoso causou grande confusão. E os cientistas ainda não sabem o que está causando isso, ainda hoje. Além disso, isso poderia dificultar os esforços para procurar sinais das primeiras estrelas que se formaram após o Grande explosão.

Fonte: www.space.com

Deixe uma resposta