Rocket Lab identificou a causa de sua falha no lançamento em 4 de julho e foi liberado pela Administração Federal de Aviação dos EUA para começar a voar novamente, anunciaram os representantes da empresa hoje (31 de julho).

A missão de retorno ao voo decolará do local de lançamento da empresa de lançamento de pequenos satélites na Nova Zelândia no próximo mês, se tudo correr conforme o planejado. O cliente e a data de lançamento prevista para a próxima missão serão revelados em breve, disseram representantes do Rocket Lab.

Fonte: www.space.com

Deixe uma resposta