A visualização deste artista mostra um Ankylosaurus magniventris, um grande dinossauro blindado, testemunhando um impacto de asteróide há 66 milhões de anos. (Crédito da imagem: Fabio Manucci)

Um impacto de asteróide, não atividade vulcânica, matou os dinossauros, segundo um novo estudo.

Durante décadas, cientistas foram e voltaram exatamente sobre o que causou um evento de extinção em massa há 66 milhões de anos, que destruiu cerca de 75% de toda a vida na Terra, incluindo todos os grandes dinossauros. Alguns pensaram que a atividade vulcânica poderia ser culpada, mas um novo estudo mostra que um impacto gigante de asteróide foi o principal culpado.

Fonte: www.space.com

Deixe uma resposta